É uma prática de medicina alternativa de avaliação e tratamento, com metodologia e filosofia própria e muito eficiente, que visa restabelecer a função das estruturas e sistemas corporais utilizando técnicas de mobilização e manipulação articular, bem como de tecidos moles (músculos, fáscias, ligamentos, cápsulas, vísceras, tecido nervoso, vascular e linfático).

Utilizando as mãos como instrumento, recorre a variadas técnicas, como:

  • Técnicas estruturais, que visam reajustar uma articulação, mesmo se o seu deslocamento é mínimo e invisível nas radiografias;
  • Técnicas musculares, que visam o tratamento dos músculos e tendões;
  • Técnicas cranianas, que são as mais sutis e que permitem tratar a totalidade do corpo partindo do crânio;
  • Técnicas viscerais que tratam dos órgãos e das relações entre eles;
  • Técnicas linfáticas e imunitárias, que visam o sistema linfático e o sistema imunitário;
  • Técnicas fasciais que trabalham sobre os tecidos fasciais do corpo humano;A prática osteopática se baseia na visão de que todos os sistemas do corpo estão relacionados. Assim, qualquer disfunção em um sistema afeta todos os outros. Além disso, crê que o corpo tem total capacidade de se curar sozinho, desde que todas as suas estruturas estejam equilibradas.É uma forma de tratamento que se preocupa, inicialmente, em descobrir as causas dos sinais e sintomas do paciente, para somente depois tratar as consequências, no intuito de restabelecer a função diminuída ou perdida. Isto significa dizer que a Osteopatia é uma abordagem causal, e não sintomática.

    Indicações

    A Osteopatia é indicada para o tratamento de dores, disfunções viscerais e também para aqueles que querem melhorar a qualidade de vida. Pode ser realizada desde recém-nascidos a idosos, independente do gênero ou estado físico. Além disso, é reconhecida e indicada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pode ser realizada simultaneamente a outros tratamentos.

  • Ciática;
  • Cólica menstrual;
  • Constipação intestinal;
  • Disfunções da Articulação Temporomandibular (ATM);
  • Dor cervical;
  • Dor lombar;
  • Dor articular;
  • Entorse;
  • Enxaqueca e dor de cabeça;
  • Fadiga crônica;
  • Fibromialgia;
  • Hérnia de hiato e refluxo gastroesofágico;
  • Hérnia e protrusão discal;
  • Labirintite;
  • Nevralgias do nervo trigêmeo;
  • Problemas relacionados ao estresse;
  • Problemas respiratórios;
  • Rinite e sinusite;
  • Tendinite e bursite;
  • Torcicolo;
  • Correção Postural;
  • Prevenção e lesões desportivas.

    Especialista:

    Bruna Loschi,

    Fisioterapeuta formada pela UNESP de Presidente Prudente;
    Especialização em Reabilitação pela Unesp de Presidente Prudente;
    Pós graduação em Osteopatia pelo Instituto Docusse de Osteopatia e Terapia Manual – IDOT-  Presidente Prudente – SP;
    Formação:Aperfeiçoamento em Novas Tendências em Prevenção de Lesão na Corrida – Curso Internacional- Escola de Terapia Manual e Postural. – São Paulo –SP;
    Formação em Podoposturologia – Reprogramação Postural Através de Palmilhas – Escola de Terapia Manual e Postural – Londrina –PR;
    Análise e Tratamento do Gesto Esportivo – Curso Internacional, Escola de Terapia Manual e Postural – Londrina –PR;
    Formação em Kinesio Tape Neuromuscular, IDOT – Presidente Prudente – SP;
    Formação em Mobilização Articular de Baixa Velocidade (Mulligan) – Aplicabilidade na Coluna Vertebral a Articulações Periféricas – IDOT- Presidente Prudente – SP;
    Formação em Terapia Manual no Esporte, ministrado pelo Dr. Maurício Antônio dos Santos Filoso – IDOT- Presidente Prudente – SP;
    Aperfeiçoamento em Avaliação e Prescrição de Exercícios Físicos para a Saúde; Treinamento com Pesos; Fisiologia do Exercício. III Congresso Brasileiro de Metabolismo, Nutrição e Exercício – Londrina – SP;
    Aperfeiçoamento em Tratamento Fisioterapêutico em Atletas de Alto Nível, Ministrado pelo Dr. Miquel Angel Cos Morera. I Congresso Internacional de Fisioterapia da FCT – UNESP – Campus de Presidente Prudente – SP;

     

Entre em contato através do formulário: